Repórter atrás do gol de Vasco x Macaé usa máscara inadequadamente e é flagrado pela TV

Um repórter que estava a serviço de Vasco x Macaé, atrás do gol defendido pelo time de Campos, estava usando a máscara de um jeito equivocado.

Em vez de cobrir a boca e o nariz, o artefato estava próximo à altura do queixo. Vale lembrar que uma das normas para os jogos do Campeonato Carioca para a imprensa no gramado é que a máscara seja usada o tempo todo. Veja o texto de procedimentos definido pela Federação de Futebol do Estado do RJ.

“Obrigatoriedade: uso de máscara, distanciamento e apresentação de testagem da covid-19… Recomenda-se a releitura do Protocolo de Imprensa da ACERJ, que é parte integrante do Protocolo Jogo Seguro da FFERJ”, diz as normas.

ATUALIZAÇÃO: Na noite desta segunda-feira (29), Eraldo Leite, presidente da ACERJ, procurou o Audiência Carioca e explicou que o repórter da imagem cumpriu todos os métodos estipulados para o jogo, incluindo o uso constante do álcool gel e o distanciamento de cinco metros de outros presentes. Entretanto, não comentou sobre o uso inadequado da máscara no queixo.