Carioca-2020: Flamengo responde à TV Globo e diz que não vai tolerar ameaças da emissora

Após a TV Globo enviar um comunicado extraoficial ao Flamengo sobre os direitos do Carioca-2020, o clube protocolou uma resposta e enviou à emissora. O conteúdo do comunicado foi revelado em primeira mão pela página do jornalista Venê Casagrande:

“A possibilidade de transmitir tais partidas certamente reverterá em verbas extraordinárias à GLOBO, considerando a audiência propiciada pela magnitude da torcida do FLAMENGO, o potencial da exploração da publicidade e desnecessidade de remunerar o FLAMENGO em contrapartida aos jogos em que é visitante.

Por fim, é importante ressaltar que o FLAMENGO não medirá esforços para exercer o seu direito garantido por lei, não tolerando, em hipótese alguma, qualquer tipo de tentativa injusta e ilegal de manter o monopólio que não mais prospera na forma de legislação em vigor”.

A Globo entende que mesmo com a MP 984, que prevê que os clubes mandantes negociem sozinhos os direitos de transmissão de jogos, não anula contratos comerciais assinados antes da medida governamental. A MP foi assinada por Jair Bolsonaro na semana passada.

No Campeonato Carioca 2020, a Globo possui contrato com 11 entidades que disputam a competição, com exceção do Flamengo. Baseado na MP, o rubro-negro entende que o jogo com o Boavista, marcado para 1 de julho e com seu mando de campo, pode ser negociado com outra emissora ou mesmo transmitido em seu canal na Fla TV, canal do clube no Youtube.

Até o momento, a Globo não emitiu novo posicionamento sobre o caso. A emissora tem contrato com os clubes do Campeonato Carioca até 2024, com exceção do Flamengo.

Imagem: Venê Casagrande