Prisão de Fabrício Queiroz aumenta a audiência da GloboNews

A inesperada prisão de Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro, fez a audiência da GloboNews aumentar em 30% na última quinta-feira (18).

Além do jornalismo em tempo real, a GloboNews trouxe análises políticas de como a prisão será vista politicamente na vida do presidente da República, Jair Bolsonaro.

O Em Ponto, jornal que iniciou a cobertura da prisão, rendeu ao canal do Grupo Globo a liderança na TV por assinatura durante o dia e o segundo melhor resultado em 2020.

O Edição das 10, que veio na sequência, manteve o desempenho e reuniu 1 milhão de telespectadores no horário. Trata-se da melhor audiência desde 2016, durante a cobertura do impeachment de Dilma Rousseff.

Segundo informações obtidas pelo portal Notícias da TV, a grande cobertura atraiu a atenção de, ao menos, três milhões de telespectadores.

A prisão de Fabrício Queiroz fez a GloboNews liderar durante o dia 18 entre os canais de TV por assinatura, com audiência quatro vezes maior do que a segunda colocada.