Liesa fará reunião para decidir futuro do Carnaval 2021

Jorge Castanheira, presidente da Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro (Liesa), informou que convocará uma reunião emergencial nos próximos dias, em data a definir. A pauta será sobre o futuro do Carnaval 2021.

O evento é um dos mais sensíveis em relação à pandemia, já que, obrigatoriamente, não acontece sem aglomeração de pessoas e sem público.

Em entrevista ao jornal O Globo, Castanheira exemplificou: “O futebol e a Fórmula Um podem voltar sem público. No Carnaval, não faz sentido. Sem falar que cada escola tem três mil componentes. Para o setor do entretenimento, a maior solução será a vacina ou um bom remédio”.

Nos bastidores, pessoas ligadas às escolas estão dividas sobre a realização dos desfiles em fevereiro de 2021. Há quem acredite e tenha esperança pela manutenção da data.

Entretanto, há quem pense, sim, em adiar a festa para maio ou junho. Uma ala menos otimista acredita que 2021 é um ano perdido para o Carnaval.

Mesmo diante de um difícil cenário, as agremiações do Rio têm dado um exemplo de cidadania e solidariedade. Diversas delas, inclusive, confeccionaram máscaras preventivas às comunidades.

Advertisement