CNN Brasil e Record TV exibem mesma denúncia como “exclusiva”

O significado de exclusivo se refere à “que é privado ou restrito”. Acontece que CNN Brasil e Record TV acabaram, inesperadamente, dividindo o mesmo material de exclusividade na noite de ontem (5).

A CNN foi a primeira a exibir o material onde revela que a deputada Joice Hasselmann (PSL / SP) obrigaria assessores a criar “fake news” contra apoiadores de Bolsonaro. Os dois romperam no início do ano. O material foi ao ar no Visão CNN.

Alguns minutos mais tarde, foi a vez da Record TV contar a mesma história anunciando exclusividade dentro do Jornal da Record.

A CNN, que publicou o material primeiro, não foi citada. Estima-se que a fonte que passou o conteúdo tenha repassado às duas emissoras, o que é uma prática equivocada do informante quando se oferece algo que é tido como único.

Joice Hasselmann diz que a denúncia é improcedente e acusa pessoas ligadas ao governo de ter passado o material. A deputada informou que os “‘prints’ divulgados pela CNN são montagens de funcionários de seu gabinete. A deputada disse que vai processá-los, assim como vai processar a CNN”.

Sobre a Record TV, Hasselmann não fez nenhuma menção até o momento. Joice é uma das integrantes da CPI das ‘Fake News’.