Polícia Federal faz operação no Palácio Laranjeiras, residência de Wilson Witzel

A Polícia Federal cumpre neste momento 12 mandatos de busca e apreensão em diversos endereços do Rio de Janeiro e São Paulo na manhã desta terça-feira (26). Um deles acontece no Palácio Laranjeiras, sede do Governo do RJ, onde mora o governador Wilson Witzel.

A investigação apura um esquema de corrupção envolvendo uma organização social na construção de sete hospitais de campanha contra o coronavírus no estado. Até aqui, apenas a unidade do Maracanã foi inaugurada e vem apresentando uma série de problemas internos.

A ação é comandada pela Superintendência da PF do Distrito Federal e atende aos mandatos expedidos pelo Superior Tribunal de Justiça.

Além de Laranjeiras, a PF procura outras provas e figuras ligadas ao esquema em endereços no Leblon, na zona sul, e no Grajaú, na zona norte, bairro onde Witzel morava antes de ser eleito governador. Policiais procuram provas na casa do ex-subsecretário de saúde Gabriel Neves, afastado do governo durante auditorias na saúde.

De acordo com a Polícia Federal, participam da ação o Ministério Público do RJ e o Ministério Público Federal. O material foi compartilhado com a Procuradoria Geral da República, no âmbito das investigações do caso envolvendo supostos desvios na saúde do RJ e que corre no Superior Tribunal de Justiça.

Imagem: Reprodução / TV Globo