Grupo Globo e Folha deixam a cobertura do Alvorada

A Folha de S. Paulo e o Grupo Globo informaram na noite de hoje (25) que suspenderam temporariamente a cobertura diária da Presidência da República. A decisão veio após a ausência de segurança a favor da imprensa.

Apoiadores de Jair Bolsonaro voltaram a ofender e atacar o trabalho de jornalistas que estavam na cobertura desta segunda-feira (25). Os profissionais foram chamados de lixo, rato, ratazanas, comunistas e podres pelo grupo presente. A atitude tem sido recorrente e intensificada no período de pandemia de coronavírus.

https://www.instagram.com/p/CAob4vepHDl/?igshid=e63p2j4yzy1w

Antes dos ataques, Bolsonaro voltou a ser hostil com repórteres dizendo que só voltaria a falar com a imprensa no dia que houvesse compromisso da verdade.

O Gabinete de Segurança Institucional ainda não se posicionou sobre o fatídico episódio na tarde de hoje (25), apesar de ter recebido formalmente as reclamações de Globo e Folha.

Imagem: Reprodução Youtube