Fina Estampa: Enfermeira de Marcela é morta após descobrir Tereza Cristina

Encucada com a morte de Marcela (Suzana Pires), a enfermeira que cuidava da jornalista foi até o enterro para desvendar se a tal assassina de peruca compareceria à cerimônia.

Ao avistar o teatro de Tereza Cristina (Christiane Torloni), a profissional começa a encarar a megera. A enfermeira tem a certeza de que foi a esposa de Renê (Dalton Vigh) quem matou Marcela.

Caberá a Ferdinand (Carlos Machado) evitar que a profissional de saúde faça um escândalo e revele tudo o que sabe no velório. “Eu, se fosse você, parava por aqui… Antes que seja tarde demais”, diz o segurança.

Ao ver o fortão, a enfermeira repara que Ferdinand também esteve no hospital um dia antes da morte da Marcela. Ele obriga que a mulher entre no carro e deixe a cerimônia de despedida.

“Para onde é que você está me levando?”, pergunta a enfermeira. Em um local deserto, Ferdinand obriga que ela confesse tudo o que descobriu sobre o paradeiro de Marcela.

Sem saída, a profissional conta que sabe que foi Tereza Cristina quem foi ao hospital com uma peruca loira. Ferdinand pede que a mulher deixe o carro. Ela pede para não ser morta. Em vão. O segurança atira e põe fim à vida da enfermeira.

Capítulo de quinta-feira, 21 de maio

Paulo e Esther voltam a bater boca. Griselda acha esquisito que Pereirinha e Enzo estejam fazendo obras na casa velha. Amália fica surpresa com o mal estado de Rafael. Tia Íris volta a procurar a mala de dinheiro que Griselda havia separado à Teodora. Curiosa com as obras a todo o vapor, Teodora liga o alerta e tenta descobrir o que os dois procuram. Renê procura Griselda por telefone e interrompe uma conversa com Guaracy.