Mesmo em queda de audiência, Rodrigo Faro não aceita ganhar menos na Record TV

Os tempos de pandemia têm sido difíceis para as empresas de comunicação. Mesmo funcionando a todo o vapor, o mercado publicitário tem impactado o caixa das emissoras. A Record TV tem sentido este baque e precisou procurar Rodrigo Fato para conversar.

Segundo informações da coluna de Fábia Oliveira, de O Dia, o apresentador teria sido sondado para reduzir o seu salário. Atualmente, estima-se que Faro receba honorários na casa de R$ 1 milhão, além dos tradicionais ‘merchans’ [publicidade].

Algumas das propagandas feitas dentro de A Hora do Faro foram canceladas, por conta da pandemia do novo coronavírus. Ao que tudo indica, segundo a colunista, Faro não aceitou reduzir o salário e preferiu que o contrato fosse mantido do jeito que está.

A assessoria da Record TV enviou o seguinte posicionamento ao jornal O Dia: “A Record TV não diminuiu o valor de contrato com Rodrigo Faro. No merchandising, os cachês são pagos pelos anunciantes”. A emissora não explica se pediu ou não para Rodrigo renegociar seu vínculo, o que tem sido ventilado nos bastidores.

Rodrigo Faro tem tido muitas dificuldades de reconquistar a vice-liderança de audiência desde o segundo semestre de 2019. Atualmente, em quase todos os domingos, perde, com folga, para o SBT.