Herança do Gugu: Aparecida Liberato conquista vitória na justiça contra as sobrinhas

A briga judicial que se tornou a herança de Gugu Liberato ganhou mais um capítulo. As gêmeas Maria e Sofia, de 16 anos, foram até a justiça pedir que Aparecida Liberato preste contas de objetos de valores pertencentes ao pai, falecido em novembro de 2019.

As meninas foram proibidas de acionar outros advogados, além dos já contratados por Aparecida. A tia foi escolhida por Gugu como inventariante e representante das filhas menores. As informações são do site Notícias da TV, do UOL.

De acordo com a coluna de Monica Bergamo, da Folha de S.. Paulo, Maria e Sofia ainda queriam esclarecimentos quanto ao destino de bens, valores de quadros, relógios e joias que se encontram guardados em imóveis no Brasil. As duas moram em Orlando, na Flórida (EUA), com a mãe, Rose Míriam Di Matteo.

Na ocasião, a defesa de Aparecida informou que a advogada que cuida do caso das sobrinhas foi indicada por Rose Míriam Di Matteo e que as menores foram influenciadas pela mãe.