Sem jogos no Rio, vaquinha virtual ajuda ambulantes do Maracanã e do Engenhão

Com a interrupção dos jogos dos times do Rio por conta da pandemia do novo Coronavírus, os ambulantes que atuam no Maracanã estão sem trabalho e, consecutivamente, sem renda.

O jornalista Sérgio Solon Santos, do canal Mídia de Verdade, ouviu o pedido de ajuda da liderança destes ambulantes e criou uma vaquinha virtual. Muitos destes profissionais ainda não conseguiram receber o auxílio emergencial do governo federal.

A contribuição pode ser feita através do portal Vakinha [clique AQUI]. As doações arrecadadas serão convertidas em cestas básicas para 100 ambulantes.

Vale frisar que a situação destes profissionais é ainda mais delicada. O futebol ainda deve demorar a retomar as atividades e, quando acontecer, a tendência é que não haja público nos estádios.