Jornalistas do SBT assinam manifesto pedindo a saída imediata de Marcão do Povo

A vida de Marcão do Povo está ficando cada vez mais complicada no SBT. Jornalistas da emissora fizeram uma carta onde pedem o desligamento imediato do apresentador do Primeiro Impacto. O único que não assinou o pedido foi Dudu Camargo, que divide o programa com Marcão.

O clima entre Marcão do Povo e os jornalistas do SBT é péssimo, já que o apresentador acha que só deve satisfações a Deus e a Silvio Santos. Vale lembrar que sua contratação foi um pedido feito por Silvio, diante da péssima repercussão do comentário racista a Ludmilla em 2017.

A carta foi divulgada com exclusividade pelo jornalista Gabriel Vaquer, do portal UOL, e os profissionais da emissora acusam Marcão de não cumprir com as medidas de higienização indicadas pela Organização Mundial de Saúde. A televisão é um serviço tido como essencial e um dos meios mais suscetíveis à propagação de vírus.

Os funcionários também relatam que as falas de Marcão não condizem com a história do SBT. Na semana passada, ele sugeriu a Bolsonaro que criasse um campo de concentração para vítimas de Covid-19. A fala foi tida como inaceitável pelo público.

A carta com as reclamações foi entregue à direção de jornalismo do SBT, comandada por José Occhiuso, e a decisão pela permanência ou não de Marcão está nas mãos de Silvio Santos.

Segundo apurou a reportagem do UOL, caso Silvio decida mantê-lo em suas funções após a suspensão, os colegas prometem uma ação enérgica contra suas atitudes.