Primeiro apresentador assumidamente gay no Jornal Nacional deixa o Grupo Globo

Após ganhar destaque em rede nacional na apresentação do JN, Matheus Ribeiro não faz mais parte da TV Globo. O jornalista pediu demissão da TV Anhanguera, afiliada da Globo em Goiânia, nesta quarta-feira (8).

Matheus apresentava o Jornal da Anhanguera 2, atração local que vai ao ar após a novela das seis. Embora tenha confirmado a saída, ele optou em não revelar os detalhes sobre os motivos que o fizeram deixar a Globo.

Entretanto, comenta-se nos bastidores que a redução de salário imposta pela emissora deixou o profissional insatisfeito. Atualmente, a política do grupo tem sido enxugar as folhas salariais de quase todo o seu elenco.

Segundo informações do portal Notícias da TV, Matheus teria recebido metade dos vencimentos atuais, na faixa dos R$ 8 mil. A redução em nada tem a ver com a pandemia do novo Coronavírus.

Conforme apuração do NTV, Matheus não foi promovido a apresentador, mas ganhou aumento salarial há quatro anos, quando assumiu o posto. Em março, segundo a reportagem, de forma inesperada, ele recebeu apenas metade do que havia recebido e questionou aos superiores.

A equipe do NTV teve acesso a um e-mail de Matheus Ribeiro enviado à TV Anhanguera onde o profissional pede seu desligamento indireto. Nas leis trabalhistas, este tipo de demissão ocorre quando o profissional entende que o patrão não cumpriu com seus deveres trabalhistas.

Em 2019, Matheus fez muito sucesso no Jornal Nacional ao se tornar o primeiro apresentador assumidamente gay do telejornal.

Na ocasião, a TV Anhanguera chegou a criar uma espécie de reality show da ida de Matheus ao Rio de Janeiro. A afiliada chegou a fechar uma sala de cinema para exibir a edição em que ele apresentava o JN.

Advertisement