Febre na internet, Gabriela Prioli pede desligamento da CNN Brasil e fala em constrangimento

Durou duas semanas a participação de Gabriela Prioli na CNN Brasil. A jurista participava do quadro Grande Debate, onde polarizava opiniões com Caio Coppola.

Nos últimos dias, Gabi teve que debater com Tomé Abduch. Coppola está de quarentena, em casa, com sintomas similares ao Coronavírus.

Os posicionamentos de Gabi, especialmente em desacordo com o atual cenário político, têm ganhado as redes sociais. As recorrentes interrupções à especialista em direito incomodou parte do público, que chegou a levar isso ao Twitter. Além disso, o clima já era tenso atrás das câmeras.

“Não consigo atingir o meu objetivo se for constrangida e não posso seguir participando do debate sem que a convicção sobre a gravidade do constrangimento não seja só minha, mas de todos os envolvidos, na frente e atrás das câmeras. Não posso legitimar que o achismo seja equiparado ao conhecimento científico nem contribuir para acirrar a polarização”, disse Gabi em parte do seu texto.

Gabriela fez um extenso relato em seu Twitter, neste domingo (29), justificando sua saída da CNN Brasil. Vale lembrar que apesar da desenvoltura, ela não é jornalista e sim professora de direito penal de pós-graduação da Universidade Presbiteriana Mackenzie