Marcelo Crivella ordena fechamento do comércio do Rio

O Prefeito do Rio, Marcelo Crviella, decretou o fechamento do comércio do Rio de Janeiro a partir da próxima terça-feira (24). A medida foi tomada para evitar a circulação de pessoas durante o período de pandemia do novo Coronavírus.

O que pode abrir no período:

• Farmácias; supermercados e hortifrutis (a recomendação é ampliar o serviço para 24 horas);

• Padarias (a recomendação é que se evitem aglomerações);

• Pet Shops;

•Postos de combustível (lojas de conveniência ficam fechadas);

• Lojas de equipamentos médicos e ortopédicos

O decreto é por tempo indeterminado. A medida foi tomada para que mais pessoas possam ficar em casa. O comércio reúne muitos de seus funcionários morando em comunidades, regiões que preocupam especialistas em saúde.

Os serviços tidos como essenciais, relacionados ao abastecimento, à segurança pública e à saúde seguem funcionando. Bares e restaurantes podem funcionar para serviço de entrega.

Shoppings, bares e bancos vão ficar fechados. Os serviços bancários serão feitos de forma digital. As feiras seguem em funcionamento, mas em regime de rodízio entre as barracas, para evitar aglomerações e não prejudicar o abastecimento.

Indústria e escritórios podem funcionar, mas sob a orientação de trabalho em ‘home office’ para quem puder.