Record TV coloca 550 funcionários em ‘home office’ no período de quarentena

A Record TV emitiu comunicado na tarde desta sexta-feira (20) com medidas tomadas contra o novo Coronavírus. Desde que foi estabelecida a pandemia, a emissora vem restringindo a ida de funcionários. No início da semana, funcionários com mais de 60 anos foram postos de quarentena.

Em todo o Brasil, são 550 funcionários trabalhando em ‘home office’, de casa. A medida vale para quem atua na internet e na televisão.

Estagiários, menores de 18 anos, e menores aprendizes também foram dispensados, sem prejuízo com o vínculo com a emissora.

Colaboradores que tiveram contato com possíveis infectados com o Coronavírus estão afastados por até 14 dias. O mesmo vale para quem voltou de férias e viajou ao exterior. Para esses, a orientação é afastamento por sete dias.

Outra medida importante é a liberação do ponto eletrônico em biometria para quem ainda vai à sede da emissora, local que pode ser coletor do vírus Covid-19.

Os repórteres estão com microfones extras para evitar que mais de uma pessoa use o mesmo equipamento e, assim, ser contaminado com o vírus. Os eletrônicos e a espuma estão sendo higienizadas de forma imediata.

Os materiais de áudio, vídeo e mobiliário estão sendo higienizados com álcool gel 70%. Os automóveis estão sendo estão sendo descontaminados por ozônio.

As novelas Amor sem Igual e Gênesis tiveram as gravações paralisadas. Alguns atores de Gênesis que estavam no Marrocos voltaram ao Brasil em voo fretado pela emissora.

As medidas valem para todas as filiais e afiliadas da Record TV e videoconferências com especialistas estão sendo realizadas.

Imagem: Divulgação / Record TV