Globo terá 11 horas seguidas de jornalismo, cancela novelas que estão no ar e traz reprises. Márcio Gomes comanda o Combate ao Coronavírus

Atenta a tudo o que acontece sobre o novo Coronavírus, a Globo está remanejando sua programação do jornalismo e administrando os conflitos de sua logística em suas produções.

Amanhã, a emissora terá 11 horas seguidas de jornalismo. O Hora 1 continua no seu horário habitual, de 4h às 6h, seguido dos Bom Dias Locais (RJ, SP…), que continuam tendo mais trinta minutos e indo até as 8h30.

Ana Maria Braga e o seu Mais Você seguem fora do ar por tempo indeterminado. O Bom Dia Brasil terá 1h30 min de duração, indo ao ar até as 10h.

Na sequência, a Globo vem com uma atração especial com duas horas de duração e batizada de Combate ao Coronavírus. O programa fica no ar das 10h ao meio-dia. Segundo a página de programação oficial da Globo, a garantia de sua exibição é de até sexta-feira (20).

Márcio Gomes será o apresentador do Combate ao Coronavírus e terá dois especialistas ao seu lado para dar melhor entendimento ao público do momento da pandemia.

Em seguida, os jornais locais voltam a partir do meio-dia (RJ1, SP1) e ficam no ar até as 13h25. O Globo Esporte ficará fora do ar durante o período de cobertura voltado ao Covid-19.

O Jornal Hoje vem na sequência e ficará no ar até as 15h. Neste período de grandes coberturas de pandemia não haverá o Se Joga.

Até o fim desta semana, a Globo terá essa grande sequência de jornalismo e prestação de serviço pela manhã voltada a seu público.

NOVELAS

Se no jornalismo a Globo está a todo o vapor, o mesmo não se pode dizer de sua linha de entretenimento. A emissora determinou que todas as linhas de produção de novelas sejam paralisadas.

Amor de Mãe [foto] e Salve-se Quem Puder terão que sair do ar
Imagem: Divulgação / Globo

“As novelas da Globo terão suas gravações paralisadas, o que vai comprometer suas exibições. Algumas terão seus finais antecipados e outras terão que ser interrompidas mesmo. Por que faremos isso? Porque evitar o contato físico é fundamental na estratégia da sociedade para conter a expansão do vírus. E não há novelas sem abraços, apertos de mãos, beijos, festas, cenas de briga, cenas de amor, cenas de carinho, tudo aquilo que reflete a vida real, mas que, hoje, não pode ser encenado em segurança”, diz um comunicado expedido pelo portal GShow.

MALHAÇÃO E ÉRAMOS SEIS

Malhação e Éramos Seis já tiveram seus finais gravados e terão seus fechamentos encerrados, sem prejuízo. Entretanto, Amor de Mãe e Salve-se Quem Puder ainda estão em fases de andamento e com uma frente de capítulos que não são suficientes para garantir os períodos de paralisação.

Após o fim da temporada de Malhação Toda Forma de Amar, a Globo emendará com a reprise de Malhação Viva a Diferença (2017, de Cao Hamburger). A direção da emissora decidiu antecipar o encerramento da atual temporada para abril, em data a ser divulgada.

Após o fim de Éramos Seis, a Globo exibe uma versão compacta de Mundo Novo (2017, de Thereza Falcão e Alessandro Marson) na faixa das seis. A produção de Nos Tempos do Imperador, que seria a nova novela das seis, será suspensa por tempo indeterminado.

SALVE-SE E AMOR DE MÃE

Na faixa das sete, Salve-se Quem Puder terá novos capítulos até o dia 28 de março. A partir do dia 30, a Globo exibe Totalmente Demais (2015, Rosane Svartman e Paulo Halm).

Na faixa das nove, Amor de Mãe segue até o próximo sábado, 21 de março. A partir do dia 24, a trama será substituída por Fina Estampa (2011, Aguinaldo Silva).

Todas as mudanças atendem a uma demanda de prazos indeterminados, até que o nível do Covid-19 seja controlado e dê segurança a todos os colaboradores da emissora. Mais cedo, o Audiência Carioca mostrou como estava ermo o clima nos Estúdios Globo, antigo Projac.