José Carlos Araújo sobre Maracanã vazio por conta do Coronavírus: “Por prevenção, é a primeira que eu vou transmitir sem torcedor”

O vazio do Maracanã neste sábado (14) mexeu com um personagem especial do rádio esportivo carioca. José Carlos Araújo, de 79 anos, contou, agora há pouco, qual é a sensação de ver o estádio vazio como medida protetiva por conta da pandemia do novo Coronavírus. Em cinco décadas de carreira, Garotinho nunca passou por um episódio como esse:

“Eu já estou aqui no Maracanã faltando duas horas e meia para o jogo entre Flamengo e Portuguesa. Algo estranho. Maracanã completamente vazio. Não tem torcida. Em minha vida profissional me lembro de ter transmitido um ou dois jogos sem torcida, mas por punição. Determinado time agiu errado, transgrediu, aí foi punido sem torcedor. Agora, por prevenção, é a primeira vez que eu vou transmitir sem torcedor. E um detalhe: o Flamengo é movido pela energia de sua grande massa, que sempre coloca mais de 50 mil [pessoas] aqui dentro do Maracanã. Quero ver como esse time vai se comportar com alguns jogadores poupados e sem aquele grito da galera”, afirmou o narrador.

Garotinho vai transmitir o duelo entre Flamengo x Portuguesa, às 18h, pela Super Rádio Tupi. Confira o vídeo com o depoimento na íntegra.

Imagens: Facebook