Exclusivo! Podcast: Cidinha Campos fala sobre a carreira, o rádio e a política no Dia Internacional da Mulher

O peso e a importância do dia 8 de março, data em que se comemora o Dia Internacional da Mulher, fez com que nós, do Audiência Carioca, fôssemos atrás de alguém com a força e a representatividade do evento.

Sendo assim, selecionamos mulheres importantes da mídia carioca para falarem sobre o tema e conversar sobre assuntos envolvendo a carreira. A primeira delas é Cidinha Campos, grande dama do rádio carioca.

PODCAST NO YOUTUBE! (Está no 3G/4G? Desça até o fim da matéria e ouça em versão reduzida!)

Aos 77 anos, Cidinha nos recebeu nos estúdios da Super Rádio Tupi para bater papo sobre assuntos polêmicos. A comunicadora chegou três horas antes do seu programa entrar no ar (13h) e acompanha, ao lado dos produtores Igor Peres e Maurício Menezes, o que vai ser exibido durante uma hora de exibição. Atitude rara entre os grandes comunicadores do rádio.

Cidinha não foi reeleita para um novo mandato de deputada estadual na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro, em 2018. “Não fiz porra nenhuma. Nada!”, foi assim que a comunicadora resumiu o ano de 2019, até aceitar voltar à Super Rádio Tupi. Aliás, o papo de “ano sabático” não cola no seu discurso: “Sabático é frescura. Eu fiquei foi é desempregada, mesmo”, disse sem papas na língua.

Além de recordar grandes momentos na mídia, Cidinha tocou em temas delicados na carreira. Questionada sobre a relação com Sérgio Cabral, ex-governador do RJ, foi enfática:

“Eu sabia que ele não era um anjo… Eu sabia que ele não era um santo. Eu sabia. Mas, essa profundidade, esse negócio todo que ele fez, decididamente, eu não tinha como saber. Mas como eu não tinha como saber? Ninguém poderia saber. Ou será que se omitiu o Ministério Público, a Receita Federal, a Justiça Estadual e Federal?!”

Cidinha Campos, sobre o ex-governador Sérgio Cabral

Ainda no campo da política, Cidinha Campos revelou que não se arrepende de ter feito chapa com Pedro Paulo nas eleições municipais ao cargo de prefeito em 2016.

Cidinha também tocou em temas que têm despertado a curiosidade do público. Um deles, sobre a possibilidade de usar a volta ao rádio como alavancar uma possível candidatura eleitoral. Outro assunto também abordado foi a estremecida relação com Alfredo Raimundo, ex-diretor da Super Rádio Tupi.

Confira meia hora de bate papo em um podcast exclusivo com Cidinha Campos. A entrevista e a produção são assinadas por Eduardo Moura, autor e editor do Audiência Carioca.

PODCAST (Recomendado para 3G/4G)

Imagem: Reprodução Internet (Youtube / Canal Cidinha Campos)