Herança do Gugu: Rose Miriam tinha conta conjunta nos EUA com o apresentador

Virou uma verdeira novela a disputa pela herança de Gugu Liberato. E nesta sexta-feira (28) um novo capítulo do caso chegou a público e pode ser decisivo na luta de Rose Míriam Di Mateo.

A colunista Fábia Oliveira, de O Dia, trouxe com exclusividade um detalhe que promete mexer na luta de Rose por ter a união estável reconhecida com Gugu. A jornalista teve acesso a um detalhe do processo que aponta que Rose e Gugu tinham uma conta conjunta nos EUA.

Vale lembrar que, no Brasil, uma das provas que ajudam a validar a união estável é a conta corrente conjunta. Segundo a nota, o vínculo bancário se encontra no Bank of América e existem outras dezenas de anexos que comprovam o vínculo da união.

A coluna também teve acesso a uma carta de Gugu a Rose no ano de 2001. “Querida Rose, gostei muito de te ver e fico feliz em ver que você se realiza como médica, o que me deixa muito orgulhoso. Estou lendo o livro que você me deu, aos poucos, porque este final de ano está sendo bravo! Quero desejar um feliz Natal com saúde e muita paz. Vamos nos ver mais em 2001! Beijão, Gugu”.

Rose tenta na justiça ter sua união com Gugu reconhecida e entrar no testamento do apresentador. A defesa da médica afirma que ela vem passando por certa dificuldade financeira, enquanto o caso não é resolvido.