Viradouro arranca no fim e conquista o segundo título de campeã do Carnaval do Rio

A Viradouro conseguiu um arranque impressionante na reta final e conquistou o Carnaval 2020. Trata-se do segundo troféu da escola, que venceu em 1997 com Joãosinho Trinta.

Com o enredo “Viradouro de Alma Lavada”, a agremiação conquistou de 269,6 pontos. O tema contou na inspiração do repertório musical do grupo baiano As Ganhadeiras de Itapuã. Mulheres que fizeram resgate de músicas de domínio público de suas ancestrais que lavavam roupa à beira da lagoa do Abaeté.

A Grande Rio, que liderou boa parte da apuração, fez os mesmos pontos. Entretanto, tropeçou em Evolução, um dos quesitos desempate.

Mesmo assim a escola de Caxias virá para o desfile das campeãs ao lado de Mocidade, Beija-Flor, Salgueiro e Mangueira. As escolas voltam à Sapucaí no sábado (29).

A Viradouro apostou nos carnavalescos Marcus Ferreira e Tarcísio Zanon para o lugar de Paulo Barros. A escola não aceitou que Barros se dividisse entre o Rio e São Paulo, já que também assinaria o desfile de Gaviões da Fiel.

Paulo Barros então foi para Unidos da Tijuca e acabou ficando com a nona posição. Em SP, a Gaviões foi décima colocada.

CLASSIFICAÇÃO FINAL GRUPO ESPECIAL CARNAVAL 2020

CAMPEÃ: Viradouro – 269,6;

Vice-campeã: Grande Rio – 269,6;
3ª: Mocidade – 269,4;
4ª: Beija-Flor- 269,4;
5ª: Salgueiro – 269;
6ª: Mangueira – 268,9;

7ª: Portela – 268,8;
8ª: Vila Isabel – 268,6;
9ª: Unidos da Tijuca – 267,6;
10ª: São Clemente – 267;
11ª: Tuiuti – 266,2;

REBAIXADAS
12ª: Estácio de Sá – 264,7;
13ª: Ilha – 264,2

Imagem: Reprodução TV