Imperatriz Leopoldinense é campeã da Série A e ganha todas as notas 10. Saiba quem vai para a Intendente

A Imperatriz Leopoldinense é a campeã da Série A e está de volta à elite do Carnaval do Rio de Janeiro. A Verde e Branco de Ramos trouxe o enredo “Só dá Lalá”, reedição do samba de 1981.

O carnavalesco Leandro Vieira foi quem assinou o desfile do acesso. A escola recebeu todas as notas 10, somando 270 pontos. A Unidos de Padre Miguel foi a vice, com 269,6 pontos.

A Renascer de Jacarepaguá (266,1) e Acadêmicos da Rocinha (265,4) serão rebaixadas e deixarão de desfilar na Sapucaí. Em 2021, ambas as agremiações estarão na Intendente Magalhães na Série B1.

O Império Serrano (267,4) ficou em 9º lugar e se garantiu na Série A. A escola teve sérios problemas na avenida, com as alas da baiana sem a saia e alas com outras fantasias incompletas.

A Vigário Geral, novidade na Sapucaí e que trouxe um Bozo vestido de presidente, também segue no acesso. A escola do subúrbio ficou na 12ª posição (266,8).

CLASSIFICAÇÃO SÉRIE A 2020

CAMPEÃ: Imperatriz Leopoldinense – 270.0;

2º: Unidos de Padre Miguel – 269.6;
3º: Porto da Pedra – 269.2;
4º: Inocentes de Belford Roxo – 268.8;
5º: Acadêmicos do Cubango – 268.8;
6º: Império da Tijuca – 268.6;
7º: Acadêmicos de Santa cruz – 268.5;
8º: Acadêmicos do Sossego – 268.1;
9º: Império Serrano – 267.4;
10º: Unidos de Bangu – 267.1;
11º: Unidos da Ponte – 266.7;
12º: Vigário Geral – 266.8;
13º: Renascer de Jacarepaguá – 266.1;
14º: Acadêmicos da Rocinha – 265.4.