Triste! Com enredo sobre a força da mulher, Império Serrano traz baianas sem saia

O desfile de 2020 do Império Serrano não sairá tão cedo da mente dos amantes da escola, tamanhos problemas enfrentados pela escola. Com o enredo “Lugar de Mulher É Onde Ela Quiser”, a escola teve sérios problemas com fantasias.

Logo cedo, a colunista Fábia Oliveira, de O Dia, revelou que o clima era de apreensão pela chegada das fantasias da bateria. Mais tarde, as baianas já sabiam que as saias não chegariam. As “mães do samba” tiveram que encarar a avenida com a roupa incompleta.

Uma delas chegou a revelar a sua tristeza à repórter Priscila Chagas: “Horrível, horrorosa, inexplicável, inenarrável. Eu tô morta! Não sei como eu vou chegar lá”, disse uma das baianas sobre completar o desfile.

Ainda há chances do Império perder pontos por ausência de Baianas, que precisam formar 35 componentes. A cada três ausentes, menos 0,1 ponto. A escola ainda teve problemas com carros e evolução.