Eraldo Leite: “O que fizeram com meu Império?”, questiona jornalista após desfile catastrófico

O desfile do Impérios Serrano na madrugada deste sábado (22) confirmou o que já se tratava como tragédia anunciada. A escola de Madureira teve sérios problemas na Sapucaí, especialmente no quesito fantasia. Baianas vieram sem saias e não é sabido se, ao menos, a escola cumpriu o número mínimo de senhoras na ala. Os atrasos nos adereços já era comentado desde a manhã de ontem.

Outro problema notado foi no carro abre-alas, que, devido ao tamanho, teve difículdades para ganhar a avenida. A Verde e Branco precisou se reorganizar e perderá preciosos pontos em evolução.

Torcedor declarado do Império Serrano, o jornalista Eraldo Leite desabafou através das redes sociais sobre tudo o que cercou o Carnaval da agremiação. Chateado com o desfile, falou sobre o que considerou barbaridades das pessoas que comandam o Império.

ERALDO FALA

” ‘A minha história já fala por mim: sou resistência, orgulho sem fim…’
Nem faz muito tempo. Foi em 2017 que soltamos o grito de campeão, preso na garganta. Na série A, é verdade, mas com orgulho e auto-estima lá no alto. Porque imperiano de fé ‘confia na lança do Santo Guerreiro e faz a festa’. Mas, desta vez, confesso que cansei. Olhando a certa distância as barbaridades que vinham cometendo contra nosso Império sagrado, fiquei desconfiado.

E quando recebi as primeiras fotos dos carros na concentração, madeira a descoberto, me rendi. Este não é o meu Império. O que fizeram com ele? Piorou quando vi as baianas sem suas saias, sem sua identidade. Não pode ser verdade. Se já tinha resolvido não desfilar, desisti de ver o massacre da nossa história. Vesti minha camisa de campeão e fui dormir. Tentar sonhar com um novo tempo, ou, melhor, com a volta dos bons tempos. ‘Reizinho de tantas vitórias cantando eu declamo esse amor por você: EU SOU IMPÉRIO!!! abra meu livro pois tu sabes ler'”.

Eraldo Leite

Vera Lúcia Correa de Souza é a atual presidente do Império Serrano. Embora ainda haja os desfiles de hoje (22), muita gente já crava a escola como favorita a cair para a Série B e desfilar na Intendente Magalhães, fora da Sapucaí.