Rio: Craques do humor na TV criam o monólogo ‘O Baterista’ e promovem inclusão com sessão em libras

Todo baterista que se preze tem uma problemática na vida: a eterna relação com o barulho e os vizinhos. Foi pensando nisso que Celso Taddei, ex-roteirista do Zorra, criou o espetáculo ‘O Baterista’, que estreia no dia 3 de março, no Teatro Poeira, em Botafogo.

Taddei precisou de dois anos para dar cara e voz ao tema, muito corriqueiro na vida de muitos músicos. Para isso, contará com o apoio da direção de Diego Molina, com a produção de Alexandre Regis e o talento de Antonio Fragoso em cena.

O objetivo do trabalho é explorar a relação do músico com seus instrumentos, fator esse que se estende por quase toda a vida. Para isso, uma dose de neurose foi inserida no personagem que vive dentro da garagem da casa do seu pai. Um cenário bem comum dos jovens que sonham em construir sua banda de rock

Na tentativa de construir o personagem, Fragoso contará com a experiência de ter participado de duas bandas na década de 80: Os Sociais e Escola de Escândalo. Morando em Brasília, o ator foi vizinho dos integrantes de Os Paralamas do Sucesso.

O Baterista fica em cartaz até o dia 22 de abril, sempre às terças e quartas-feiras, às 21h. Duas sessões serão especiais, para quem possui déficit auditivo: 17 de março e 15 de abril.

TEATRO: O BATEIRISTA

De 3 de março a 22 de abril de 2020

Local: Teatro Poeira

Endereço: Rua São João Batista 104 – Botafogo

Sessões: terças e quartas-feiras, às 21h

Sessões com intérprete de libras: dias 17 de março e 15 de abril

Duração: 1 hora

Ingressos: R$ 60 (inteira) – R$ 30 (meia)

Informações: (21) 2537-8053

Classificação: 14 anos      

Imagem: Divulgação / Crédito: Caíque Cunha