Rose sobre Gugu: “Sempre fomos um casal”. Filhos reprovam atitude da mãe

O Fantástico deste domingo (9) mostrou, pela primeira vez, Rose Miriam di Mateo, mãe dos filhos de Gugu, falando com uma emissora de TV.

Rose confirmou que, no entendimento dela, ela e Gugu formavam um casal e viviam no seio familiar. A médica afirmou que a relação dos dois era estável, com momentos de altos e baixos.

“Eu e o Gugu, a quem eu chamava de Anjo, nós nos conhecemos ainda muitos jovens, em 1983. Namoramos um tempo e depois eu fui fazer minha faculdade de medicina. Em torno de 2000, nós nos reencontramos para constituir uma família. Filhos… Pai, mãe, esposo, esposa, companheiro, companheira. Gugu sempre dizia ‘quando chegar a high school [ensino médio] vamos para os EUA, vamos criar as crianças lá. Vamos ser muitos felizes. E assim nós viemos para cá. Vivemos os últimos cinco anos e muito felizes. Mas, tragicamente, Gugu se foi no dia 20 de novembro do ano passado. O que resta é guardar essa lembrança de um homem virtuoso, um homem íntegro. Quero aproveitar esse vídeo para agradecer todas as pessoas que estão me apoiando nestas últimas semanas”.

Rose Miriam di Mateo

A emissora também mostrou uma nota, onde João Augusto, Marina e Sofia, filhos de Gugu, afirmam que a mãe não está agindo com a verdade.

FILHOS DE GUGU EMITEM NOTA CONTRA A MÃE

“À vista das últimas declarações postadas na mídia pela defesa de sua mãe, esclarecem que não esperavam e não pactuam deste espetáculo que pretende transformar a mentira em verdade, para desvirtuar os legítimos desejos do seu pai… Expressam o seu respeito à mãe, mas entendem que ela deveria estar ao lado deles, não contra…. Acreditam que mais cedo ou mais tarde ela deixará de ser influenciada por pessoas que querem dela se aproveitar… Nem Rose Miriam, nem seus defensores, estão autorizados a se apropriar da imagem de Gugu por afrontar judicialmente sua vontade, desrespeitando o testamento por ele deixado”, diz parte da nota enviada ao Fantástico.

Juristas participaram do dominical dizendo o que é preciso para se confirmar a união estável. Sexo, filhos e moradia conjunta não são pontos fundamentais, segundo os especialistas apontaram.

Para os advogados consultados, o que é preciso é ter interesse em constituir família, a relação ser duradoura e pública.

DEFESA DE ROSE TEM ACESSO A CONTRATO

A defesa de Rose, representada por Nelson Willians, tomou conhecimento do documento em que sua cliente teria assinado em 2011. O documento diz que Gugu e Rose tiveram filhos por meio de inseminação artificial e que os pais vinculam por respeito e amizade, ligados apenas como pai.

Também informa que os dois viviam em casas separadas e que o apresentador arcaria com a despesa dela, colocando um dinheiro na conta de Gianfrancesco, irmão de Rose.

O fechamento do documento diz que ambos estão satisfeitos e conservam, isoladamente, sem qualquer participação ou ingerência do outro, seus próprios bens.

No entendimento de Williams, este documento representa um pedido de separação de Gugu e Rose, mas que o casal teria reatado tempos depois e constituído uma família. “Em nenhum momento Rose renuncia ao direito de união estável. E nem Gugu manifesta sua vontade ou renúncia à união estável”. A defesa alega que Gugu e Rose estavam rompidos e que a médica cuidava de uma depressão profunda.

Advertisement