Faustão detona a diretoria do Flamengo por conta da tragédia no Ninho do Urubu

Fausto Silva surpreendeu neste domingo (9) ao tocar sobre um assunto que não costuma falar no seu programa: futebol.

O apresentador detonou a atitude da diretoria do Flamengo que, até aqui, não chegou a um acordo com sete famílias das dez vítimas do trágico acidente no Ninho do Urubu. O incêndio aconteceu há exato um ano, em 8 de fevereiro de 2019.

Faustão recebia as jornalistas Carol Barcellos e Bárbara Coelho, ambas do esporte. O apresentador usou seu programa para criticar a postura da diretoria rubro-negra. As duas concordaram com a opinião do comandante do Domingão.

“É inadmissível, indecente o comportamento dos diretores do Flamengo no caso do incêndio. O problema não é dinheiro, até porque dinheiro algum vai trazer as vidas de volta”, disparou o apresentador. E não parou por aí: “O problema é principalmente caráter, ter a sensibilidade, um tanto de humanismo. Como é que esses dirigentes conseguem chegar em casa e olhar os filhos e olhar os netos, sem nenhum respeito a quem perdeu as crianças? É revoltante em todos os aspectos”, acrescentou Fausto.

Globo e Flamengo não vivem os melhores dias em suas relações. Tragédia à parte, o clube não aceitou as condições contratuais para os direitos do Campeonato Carioca. Além disso, o jurídico rubro-negro pede na justiça uma revisão nos valores contratuais do Brasileirão 2019, conquistado pelo clube.