Justiça determina que companheira de Gugu receba pensão igual à da mãe do apresentador

A 9ª Vara da Família e das Sucessões ordenou que Rose Míriam Di Mateo, companheira e mãe dos três filhos de Gugu, receba uma pensão vitalícia de R$ 100 mil. As informações são da coluna de Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo.

No despacho, o juizado responsável ressalta que este é o mesmo valor deixado no testamento de Gugu à Dona Maria do Céu, mãe do apresentador. Rose Míriam não foi citada na herança e buscou seus direitos na justiça.

Em dezembro, Rose rompeu com os familiares de Gugu e impetrou uma ação judicial para fazer parte do testamento. Caso seja reconhecida como esposa, a médica poderá pleitear metade da fortuna deixada pelo apresentador.

Em 2011, Gugu deixou registrado que os filhos, João Augusto, Marina e Sofia, teriam direito a 75% do disponível. Rose não constava no texto e, tão pouco, foi inclusa como tutora dos bens dos filhos menores.

Advertisement