Morre Marilene Dabus, a primeira mulher a fazer parte da imprensa esportiva no Brasil

Morreu nesta sexta-feira (17), Marilene Dabus (80), a primeira mulher no Brasil a fazer parte da cobertura da imprensa esportiva no país. Marilene pioneira no ramo e no fim dos anos 60 começou a dar expediente cobrindo o Flamengo, seu clube do coração para o jornal Última Hora.

Seus conhecimentos pelo clube eram tão grandes que, tão logo, foi chamada por “Moça do Flamengo”. Nós anos 70, a jornalista encabeçou a chapa “Frente Ampla pelo Flamengo” com o ex-presidente Márcio Braga e passou a atuar na comunicação do clube. O batismo do centro de treinamentos em Vargem Grande recebeu o nome de “Ninho do Urubu” graças à sua ideia.

Neste sábado (18), Macaé e Flamengo terá um minuto de silêncio em homenagem à Marilene Dabus.

Imagem: Reprodução Internet / Flamengo