A forte crise no jornal O Fluminense

Um dos tradicionais veículos do estado do Rio de Janeiro está vivendo dias de crise. O jornal O Fluminense, de Niterói, enfrenta atrasos de salário e, ao menos, nove pessoas foram desligadas nesta quinta-feira (16).

Segundo apurou o Audiência Carioca, quinze funcionários foram desligados nos últimos dias. Atualmente, outros quinze estão tocando a redação, número considerado abaixo do ideal.

Além disso, os salários estão atrasados. O último pagamento foi metade da folha de novembro. Seguem em aberto a outra metade de novembro, a folha de dezembro e as parcelas do décimo terceiro.

O Fluminense é um dos jornais mais antigos do país e completará 142 anos em maio de 2020. Em fevereiro do ano passado, o empresário Lindomar Lima adquiriu a marca do veículo e a gráfica que produz o jornal.

Procurado, O Fluminense não respondeu aos nossos contatos.