Danilo Vieira fala sobre como foi chegar à final do PopStar

A palavra superação define a passagem de Danilo Vieira no Popstar. Considerado um dos azarões nos dois primeiros episódios gravados, o repórter do RJ TV conseguiu superar os críticos e chegar à grande final no próximo domingo (29).

“Não esperava chegar até a final porque não sou cantor nem tenho a voz treinada, então ainda fico um pouco tenso e nervoso nas apresentações. Nas primeiras rodadas, ficava insatisfeito com o que eu cantava, mas as notas dadas pelas pessoas de casa me mantiveram na disputa. Fiquei surpreso por ir avançando a cada fase”, contou.

Danilo revelou ainda como a atração de Taís Araújo vem servindo para a sua vida pessoal e profissional. Conhecido do grande público carioca, por conta dos jornais locais do Rio e com algumas matérias exibidas no Jornal Nacional, o repórter conta como é a experiência de aparecer mais vezes em rede nacional.

DO RIO PARA O BRASIL

“O ‘Popstar’ me muda um pouco, sim. Como profissional, me coloquei numa situação de ter de me apresentar, ao vivo, em rede nacional, em algo que não tenho segurança. Tive que buscar uma coragem e uma desenvoltura que acho que ainda não tenho, mas que estou no caminho para conquistar. Pessoalmente, acho que a busca por saber que você não é o melhor, nem vai ser, faz a gente poder melhorar sempre.

Danilo Vieira

Conhecido entre o público como ‘repórter gato’, Danilo não pretende largar o microfone após o fim do programa: “Minha forma de cantar, definitivamente, muda, porque agora tenho um pouquinho mais de técnica. Vou continuar cantando em casa, com meus amigos, e a qualidade musical das rodinhas de violão dos meus fins de semana serão um pouquinho melhores a partir de agora”, disse.

Além de Danilo Vieira, Yara Charry, Totia Meireles, Helga Nemetik, Jakson Follmann e Eriberto Leão estão na grande final da terceira temporada do Popstar. No ar neste domingo (29), às 12h45.

Com Comunicação Globo

Imagem: Reprodução TV

Advertisement