Sandra Passarinho deixa a TV Globo

Após mais de cinquenta anos de serviços prestados, Sandra Passarinho não é mais repórter da TV Globo. A experiente profissional pediu demissão da emissora. A informação foi confirmada por Ali Kamel, diretor geral de jornalismo.

“Alguns nomes se transformam numa verdadeira marca. E assim é nome dela. Na verdade, o nome que Sandra ganhou logo que chegou à Globo, com apenas 19 anos. Pequena e rápida, ela me contou que foi batizada por Borjalo: Passarinho. E, assim, o apelido virou nome e o nome fez história.. Eu então quero agradecer à Sandra pela imensurável contribuição que ela deu ao jornalismo da Globo e ao jornalismo brasileiro. E por te inspirado tantos e tantos profissionais”

Ali Kamel

Sandra Passarinho chegou a Globo em 1969, aos 19 anos, e foi a primeira correspondente internacional da emissora, atuando na Europa. Entre 1982 e 1985, deixou a emissora para trabalhar no serviço brasileiro da BBC. Neste período, atendeu, inclusive, à TV Manchete, concorrente da Globo.

Na volta, atuou no Globo Repórter e participou de grandes coberturas, como a visita de Geisel e em algumas visitas do Papa João Paulo II. Atualmente, fazia matérias especiais para o jornalismo da Globo, especialmente, para o Jornal da Globo.

Advertisement