Datena abre o jogo se voltaria ou não a fazer um programa aos domingos

A oportunidade de entrar na difícil guerra de audiência aos domingos não deu certo para Datena. Em 2018, o apresentador recebeu a difícil missão de encarar o ‘Agora É Com Datena’, das 15h às 21h. Seis ininterruptas horas encarando monstros consagrados da TV, como Eliana, Silvio Santos e Faustão, e as atrações da Record TV, como Hora do Faro e Domingo Espetacular.

Datena revelou ao jornal O Dia, através da coluna de Fábia Oliveira, o que aconteceu naquele período de tentativa de criar uma programação dominical sólida na Band e revela uma má vontade interna de alguns funcionários da emissora:

“Essa história de domingo me dá uma dor no peito profunda e é quase como se fosse um infarto profissional. Eu queria mesmo fazer um programa de domingo e acho que não deu certo por uma série de fatores. Primeiro porque havia pessoas na emissora que não gostavam de mim. Ninguém é unanimidade no lugar em que trabalha ou até mesmo na vida em si. Tem quem goste e quem não goste. Então muitas dessas pessoas que não gostavam de mim apostaram que daria errado. É um projeto muito difícil emplacar de repente um programa de domingo com essas feras que você já tem há muito tempo apresentando programas no domingo”, revelou.

Sobre o tempo em que ficou no ar, Datena entende que para alavancar um produto de tamanha grandeza em uma emissora é preciso ter paciência. Especialmente quando as três principais emissoras do país, Globo, SBT e Record TV, já têm produtos consolidados no período em que ele entrava no ar. Para o comunicador, o jornalismo era o carro-chefe do produto:

“Sete meses foi muito pouco tempo, não foi um tempo necessário. Um dia chegamos a dar 12 pontos de pico na audiência… O que era um milagre para a Band, que dá muito menos do isso no domingo. Tanto que nunca mais se recuperou nesse dia. A média geral do programa era de 3, 4 pontos, o que também não era ruim. No jornalismo, que era a parte boa do programa porque era curto e dava notícias do dia antes do ‘Domingo Espetacular’ e do ‘Fantástico’, o jornalismo fazia média de 4 pontos todos os domingos”

Questionado se voltaria a topar um desafio aos domingos, Datena não descartou por completo a possibilidade de encabeçar um novo programa: “Não sei. Talvez um programa jornalístico no domingo, antecipando o noticiário que vem depois nas outras emissoras, talvez fosse uma boa. Entre o futebol e o ‘Domingo Espetacular’ na Record e o ‘Fantástico’, na Globo. Ali caberia fazer um programa jornalístico de peso e que daria resultado”, disse.

Datena é um dos nomes cotados para disputar a Prefeitura de São Paulo em 2020 e decidirá em janeiro se tentará entrar, mais uma vez, na política. Caso opte pelo caminho, deverá deixar a TV no meio do ano.

Em 2018, Agora É Com Datena teve sua descontinuidade decretada, após o apresentador decidir ser candidato ao Senado Federal por SP. A Band chamou Netinho de Paula para a vaga. Dias depois, Datena desistiu das eleições e retomou o posto, que foi rebatizado de Agora É Domingo.

Imagem: Reprodução TV

Advertisement