Henry Sobel morre aos 75 anos

O rabino Henry Sobel morreu na manhã desta quinta-feira (22) em Miami, nos EUA. A personalidade religiosa lutava contra um câncer no pulmão. O sepultamento acontecerá no cemitério Woodbridge Memorial Gardens, em Nova Jersey.

Nos anos 70, Sobel se estabeleceu em Nova York, até que sua família viesse para o Brasil. Por aqui, atuou como Rabino Emérito da Congregação Israelita Paulista e lutou para o esclarecimento da morte de Vladimir Herzog. O jornalista tinha origem judaica e esteve sob poder da ditadura militar em 1975. Sobel se recusou a enterrar Vladimir na ala de suicidas do cemitério israelita, já que não acreditava nesta versão.

Em 2007, Henry Sobel foi acusado de ter roubado gravatas em Palm Beach, nos Estados Unidos. Na ocasião, ele negou o fato e, em 2013, acabou confirmando que o ato foi uma “falha moral”.