Os bastidores do Show da Virada, que pela primeira vez será gravado nos Estúdios Globo, no Rio

Na próxima quarta-feira (17), a Globo começa a gravar o Show da Virada. Pela primeira vez, a atração de fim de ano será gravada nos Estúdios Globo, no Rio de Janeiro.

A emissora manterá o formato “show” deste produto, mas o fará dentro de um estúdio de TV. Durante 17 anos foi usado o antigo Metropolitan, famosa casa de shows situado no Shopping Via Parque, na Barra da Tijuca.

De 2015 para cá, a Globo decidiu levar suas apresentações de fim de ano para viajar. Salvador (2015/16), Goiânia (2016/17), Belo Horizonte (2017/18) e Recife (2018/19) tiveram apresentações.

Para a gravação de 2019, a Globo divulgou que as contratadas Ivete Sangalo e Iza estão confirmadas. Juntam-se a elas, Wesley Safadão, Luan Santana e Jota Quest. Pela primeira vez, Dilsinho, destaque na música em 2019, será uma das atrações da noite.

Marília Mendonça e Ferrugem, destaques do ano que estão na lista de Melhores do Ano de Faustão, não fecharam apresentação para o Show da Virada.

Outras ausências sentidas são as de Anitta e Ludmilla. Aliás, o nome das duas já foi sentido por não estarem na lista de Faustão. Especialmente o de Lud, que teve o seu melhor ano até aqui e é vista pela crítica como a melhor cantora do ano. O público do Multishow também deu esse título à funkeira.

A Globo não escolheu juntar Anitta e Ludmilla, já que as duas estão brigadas. Ludmilla está irredutível em uma reconciliação. Anitta já até levantou uma bandeira branca, mas tem certo receio de ser ignorada.

Sendo assim, a emissora decidiu não colocar a colher nessa confusão. Até porque parcerias vão acontecer – os famosos ‘feats’ – e ficaria sem cabimento se não houvesse uma interatividade real para que as duas cantassem Onda Diferente e Favela.

A direção do Show da Virada 2019/2020 será de Raoni Carneiro.