Record TV promove pauta com jornalistas negros de todo o Brasil e série especial sobre o tema. Rio fica sem representante

Na semana em que se comemora o Dia da Consciência Negra, a Record TV promoverá uma série especial em seu principal jornal. A partir da próxima segunda-feira (18), o Jornal da Record inicia o ‘Sem Vaga para o Racismo’.

Antes de lançar o material, a emissora reuniu oito jornalistas negros para uma reunião de pauta para tratar do assunto na última quarta-feira (13).

Estiveram no encontro Tarsilla Alvarindo e Fágner Coelho (BA); Amanda Santos e Rodrigo Cardozo (SC); Mariana Bispo, Salcy Lima e Clóris Akonthen (SP); Luiz Fara Monteiro (DF).

Embora Mariana Bispo já tenha atuado por aqui, o Rio de Janeiro não contou com nenhum representante que esteja trabalhando na redação neste momento.

A série abordará as dificuldades da população negra no mercado de trabalho: salários menores, o desemprego em maior número nesta etnia e ausência de oportunidades em cargos do alto escalão.

Em contrapartida, também haverá destaque para profissionais negros bem-sucedidos e que têm colaborado para reverter a falta de oportunidades no mercado para outros profissionais. Ao todo serão cinco episódios:

  • Mercado de trabalho – 64% dos desempregados são negros;
  • Mulher Negra: salários menores e ausência em cargos de liderança;
  • Educação: a população negra em universidades;
  • Como mudar: iniciativas para inserção de mais negros no mercado de trabalho;
  • Somos competentes: profissionais negros que venceram na luta pelo reconhecimento profissional.

O Jornal da Record começa a partir das 21h30 e vai ao ar de segunda à sábado.

Imagem: Antonio Chahestian / Divulgação Record TV