Record TV confirma racismo em A Fazenda e demite profissional que xingou Sabrina Paiva

A Record TV acaba de emitir um comunicado oficial à imprensa confirmando a denúncia feita por Sabrina Paiva, participante de A Fazenda. A modelo disse aos colegas de confinamento que havia sido chamada de macaca por um membro da produção.

A acusação aconteceu durante uma conversa de Sabrina com Hariany Almeida e Andréa de Nóbrega, logo após o fim do programa de ontem (5). A peoa teria ouvido o xingamento por um profissional que estava atrás do espelho, antes da Prova do Fazendeiro. Sabrina venceu a disputa.

Imediatamente, a Record TV se prontificou a apurar o caso e rapidamente deu uma posição ao público e aos telespectadores. “A Record TV informa que ontem, 5/11, durante o reality A Fazenda, ao vivo, um operador de câmera, posicionado atrás de um dos espelhos da sala, fez um comentário racista a respeito da participante Sabrina Paiva. Imediatamente ao fim do programa, a Teleimage [prestadora de serviços de A Fazenda], identificou o ofensor. Ele foi repreendido e teve seu contrato de trabalho rompido sumariamente”. A identidade do profissional foi preservada pela emissora.