Opinião: Priscila Chagas cumpre bem a licença de Silvana Ramiro e merece melhor oportunidade na Globo

Nesta terça-feira (5) chegou ao fim a passagem de Priscila Chagas pelos estúdios do Bom Dia Rio. Durante um pouco mais de sete meses, a jornalista teve a difícil missão de substituir Silvana Ramiro, uma das queridinhas do público no jornalismo carioca da Globo.

Priscila cumpriu sua jornada no Radar RJ de forma brilhante. Conseguiu manter o ritmo do apoio a Flávio Fachel com seu talento e do seu jeito, sem precisar copiar o estilo da colega. Termina por cima, elogiada pelo público e pelos colegas de redação.

Sua última participação no estúdio aconteceu na manhã de hoje e Priscila recebeu aplausos e agradecimentos da equipe de produção. Tudo no ar, como manda o figurino. Reconhecimento justo. Amanhã (6), ela volta às reportagens de rua do mesmo Bom Dia Rio e Silvana assume seu posto, passado o período de licença-maternidade do nascimento da pequena Júlia.

A Globo é muito atenta aos seus talentos, especialmente no jornalismo, e saberá conduzir novas oportunidades à Priscila Chagas. Atrevidos que somos, nós sugerimos duas logo de cara: colocá-la nos rodízios de fim de semana dos jornais locais do Rio. Ou então, em uma tentativa mais ousada ainda, passar o bastão da Previsão do Tempo RJ de Anne Lottermann, que está de mudança para São Paulo. Anne vai entrar no Jornal Nacional, no lugar da Maju Coutinho.

Se por via das dúvidas algo mais generoso não vier, ao menos a emissora sabe que conta com um bom talento. Agora, não deixe o “passarinho” brincar na gaiola. A concorrência vem e pega.

Ah, se pega, não é mesmo CNN?!