Zorra debocha de Bolsonaro, faz autocrítica com Se Joga e alfineta a Record TV

Os fins de semana na TV Globo nunca estiveram tão politizados. A emissora tem utilizado pautas relativas ao Presidente Jair Bolsonaro para criticá-lo, em tom de humor. Zorra e Isso a Globo não Mostra, do Fantástico, que o digam.

Desde que trouxe com exclusividade o depoimento de um porteiro citando o nome de Bolsonaro no caso Marielle Franco e Anderson, na última terça-feira (29), o Presidente tem sido ferrenho crítico e tenta avaliar negativamente o trabalho da imprensa, especialmente do Grupo Globo.

Em rápida ação, o Ministério Público do Rio de Janeiro esclareceu no dia seguinte que o depoimento do porteiro de fato aconteceu. Em contrapartida, o relato não foi confirmado após a checagem das ligações envolvendo os ramais da casa do condomínio em que tem residência, na Barra da Tijuca.

Neste sábado (2), o Zorra montou uma esquete, em forma de paródia, sobre uma ‘live’ de Bolsonaro feita na sequência da matéria mostrada na TV Globo com o ator Fernando Caruso. No conteúdo, ele chama a emissora de “canalhas e patifes”.

A irritação da autoridade executiva foi um prato cheio para a emissora debochar de si mesma. Sobrou para o Se Joga e o excesso de três apresentadores, fazendo uma alusão aos três filhos de Bolsonaro.

O ‘Best Cake’, de A Dona do Pedaço, e Louro José foram tratados ironicamente como uma mentira dentro do quadro global.

Ah… E ainda houve tempo para uma espetadinha de leve no Jornal da Record, que deu espaço a Bolsonaro responder a matéria global minutos depois de ter ido ao ar. Dá só uma conferida.