PM Youtuber vai à enterro de Ágatha e agride integrante do Marcha das Favelas

O enterro da menina Ágatha, morta após uma operação policial no Complexo do Alemão na última sexta-feira (20), foi marcada por comoção, dor e polêmica.

Além do luto e de protestos contra as polícias públicas de segurança no RJ, Gabriel Monteiro, conhecido como “policial youtuber”, foi até o local debater com manifestantes a fim de realizar pautas para seu canal. As gravações foram feitas do lado de fora do cemitério.

O clima esquentou com Felipe Gomes, integrante do Marcha das Favelas. O rapaz criticou fortemente a abordagem do Youtuber e se exaltou.

Como resposta, Gabriel deu um soco no rapaz e depois saiu de carro. Além de trabalhar na PM, o agente atua como assessor de um deputado ligado ao Partido Social Liberal (PSL-RJ).