A Dona do Pedaço: Fabiana impõe revista íntima e Britney decide deixar a fábrica

Apesar de ter reconquistado seu cargo na fábrica através de decisão judicial, Britney (Glamour Garcia) não tem tido vida fácil na Bolos da Paz. Fabiana (Nathalia Dill) não aceita o fim do seu relacionamento com Rock (Caio Castro) e desconta toda a sua raiva na ex-cunhada.

Paranoica em cortar gastos, Fabiana só tem uma visão à frente do empreendimento: ganhar dinheiro cada vez mais. Uma das medidas tomadas foi evitar que funcionários comam bolos durante o expediente. Durante a gestão de Maria da Paz, todos tinham acesso livre aos produtos. Agora, o lema é “quem consome, paga”.

Ainda assim, a ex-noviça quer mais. Primeiramente, ela começa a suspeitar que os funcionários estão roubando produtos do estoque. Em uma das conversas com Márcio (Anderson Di Rizzi), Fabiana comenta que estão gastando muito dinheiro com ingredientes. Desconfiada de furtos, ela decide implementar a polêmica revista íntima, usada em presídios pelo país.

Márcio avisará que a medida é contra as leis trabalhistas: “Mas é proibido por lei”, retrucará. “Não em casos onde há riscos para a empresa. É como se essa empresa fosse uma instituição financeira. Podemos agir baseados nesse tipo de exceção. De hoje em diante, ao saírem, todos os funcionários serão revistados”, rebate Fabiana.

Ciente de que os funcionários não vão concordar com a decisão, Fabiana ameaça demitir quem não obedecê-la. Márcio comunica a todos a medida. Única funcionária na condição de trans, Britney fica transtornada ao tomar conhecimento da notícia. A personagem ainda não é operada. Com raiva, ela deixa imediatamente o emprego.

Só que é aí que Abel (Pedro Carvalho) vai atrás da amada e pede que ela retorne ao posto. O boleiro acha que, juntos, todos podem lutar contra a absurda imposição. Britney decide, então, voltar à linha de produção.