Monalisa Perrone coloca em seu contrato com a CNN Brasil veto em trabalho nas madrugadas

Madrugada nunca mais! Pelo menos não pelos próximos tempos. Monalisa Perrone ficou cinco anos em um ritmo totalmente alucinado. Dormia às 17h, acordava às 00h e por volta de 01h30 já estava na Globo SP produzindo o ‘Hora 1’. Foi assim de 2014 até a última terça-feira, 3.

De casa nova, a jornalista assinou com a CNN Brasil. O anúncio foi feito no mesmo dia do desligamento da Globo. Uma condição imposta por Monalisa chamou a atenção.

Segundo informações do site Notícias na TV, a âncora inseriu em seu novo contrato uma cláusula antimadrugada. A rotina do trabalho terá que acontecer no horário em que as pessoas costumam estar acordadas.

Monalisa terá um jornal na faixa noturna, no horário nobre da TV. Além disso, a jornalista já confidenciou a amigos que a proposta era financeiramente irrecusável.

Similar ao pedido antimadrugada, Eliana também já impôs ao SBT que seu programa deveria ser aos domingos e nas tardes. Na última renovação, Silvio pediu que a condição fosse tirada e o acordo ficou verbal. Os dois têm uma confiança mútua um no outro.