Justiça sentencia a prisão do presidente Flávio Santos, da Mocidade Independente de Padre Miguel

A quarta Vara Federal Criminal, representada pelo juiz Gabriel Borges Knapp, decretou a condenação de Flávio da Silva Santos, presidente da Mocidade Independente de Padre Miguel.

A sentença foi preferida na última quinta-feira (22) e determinou que Flávio cumpra 4 anos e 3 meses de prisão em regime fechado. O julgamento ocorreu pelo indiciamento de sonegação e descaminho.

O mandatário teria comprado um produto do exterior sem a documentação necessária. Outras pessoas também estão envolvidas no processo.

A Mocidade não vai comentar o caso, já que a condenação de Flávio Santos é por atividades de cunho pessoal e não ligadas à escola.

Flávio é presidente da Mocidade desde abril deste ano, quando disputou o cargo pela chapa ‘Família Verde & Branco’.