Mais um carioca na TV! Sandro Nascimento fala sobre participação no Fofocalizando do SBT

O jornalismo carioca de celebridades nunca esteve tão em alta. Após Leo Dias se destacar no ‘Fofocalizando’, outros importantes nomes da cidade foram ganhando espaço na TV.

Durante as férias do colunista, o SBT tem convidado alguns jornalistas especializados para participar no lugar de Leo. Foi assim com Fábia Oliveira na última sexta-feira (26). Hoje (31), foi a vez de Sandro Nascimento ganhar a sua oportunidade.

Sandro é um dos titulares do ‘Na Telinha’, do UOL, referência na cobertura dos bastidores da televisão e do mundo das celebridades. Carioca, ele conversou com a gente e falou sobre a sua primeira aparição na TV.

AUDIÊNCIA: Sandro, como surgiu o convite para ocupar a cadeira do Leo Dias na tarde de hoje no Fofocalizando?

SANDRO NASCIMENTO: O convite partiu de surpresa pelo diretor do ‘Fofocalizando’, Márcio Esquilo. O programa sempre repercute as minhas matérias e me deram essa oportunidade de mudar de lado na bancada do jornalismo. Foi um grande desafio. Fiquei muito nervoso nesse primeiro dia, mas faz parte. Foi uma participação especial e fico muito grato ao SBT.

SANDRO NASCIMENTO FALA SOBRE A PARTICIPAÇÃO NO FOFOCALIZANDO

AUDIÊNCIA: Outro dia, a Fábia Oliveira, que também fez participação, disse que ficou trêmula igual à vara verde [risos]. Como foi para você? Já havia feito TV antes?

SANDRO NASCIMENTO: Minha primeira vez na televisão. É uma adrenalina muito forte. TV é algo fascinante. Agora, a gente treme demais [risos]. Eu mesmo fiquei me controlando pra não aparentar no vídeo.

AUDIÊNCIA: Você sempre faz críticas no site ‘Na telinha’. Essa experiência agora muda alguma coisa nas suas avaliações?

SANDRO NASCIMENTO: Não muda. Precisamos separar as coisas: jornalista não é artista. As minhas análises são como telespectador. Eu busco ser justo e opinar de forma construtiva sobre os profissionais que estão do outro lado da telinha. Não é fácil fazer televisão, admito. Porém, precisamos criticar quem é ruim e elogiar os melhores.

AUDIÊNCIA: Os programas vespertinos estão abrindo espaço aos jornalistas cariocas que têm se destacado. Tem o Leo Dias no SBT, o Alessandro lo-Bianco, na RedeTV, a Fábia Oliveira, de O Dia, foi chamada na semana passada… Hoje foi você. Esse espaço aberto, antes quase que inexistente, a que você atribui?

SANDRO NASCIMENTO: Esse espaço para jornalista de entretenimento na TV começou com o sucesso da Fabíola Reipert no ‘Balanço Geral’. Ela abriu o olhos dos diretores para investirem nessa editoria na televisão. Alessandro e a Fábia estão se destacando na profissão e a consequência foi a TV. Devemos comemorar este momento para o jornalismo. Tem espaço para todos. As emissoras descobriram que falar delas e dos seus profissionais dá audiência. Que continue assim!

Advertisement