Aos 47 anos, morre o jornalista Paulo Carvalho

O jornalista Paulo Carvalho morreu nesta quinta-feira (25). A causa do óbito foi um mal súbito seguido de um infarto.

Aos 47 anos, Paulo se sentiu mal durante a participação no evento Games XP, no Parque Olímpico da Barra. Os primeiros socorros foram prestados no local e, na sequência, ele foi levado para o Hospital Lourenço Jorge, no mesmo bairro. A secretaria de saúde do Rio confirmou a morte do jornalista.

Paulo Carvalho coleciona passagens por grandes veículos do Rio, especialmente no meio impresso. Trabalhou em O Povo, A Notícia e Extra. Também prestou serviços à assessoria de imprensa da Prefeitura do Rio e para Secretaria de Administração Penitenciária (Seap).

Grandes coberturas da imprensa carioca tiveram a participação de Paulo, como o caso da morte do jornalista Tim Lopes (2002). Seu forte era a área investigativa.

Também atuou no escândalo envolvendo Ronaldo Fenômeno e a travesti Andrea Albertini, além do assassinato Elisa Samudio, com participação do goleiro Bruno.

Paulo deixa dois filhos e a esposa Janaína Carvalho, também jornalista. Ainda não foram divulgados os locais do enterro e velório.