Rodolfo, goleiro do Fluminense, é pego em antidoping por suspeita de uso de cocaína

Um teste antidoping realizado na vitória do Fluminense sobre o Atlético Nacional (4 a 1), em 23 de maio, pela Sul-Americana flagrou o goleiro Rodolfo. A suspeita é de uso de cocaína. Essa não é a primeira vez que Rodolfo é pego em um exame antidoping. Em 2012, quando atuava no Athlético-PR, passou por situação semelhante e precisou ser afastado por 2 anos. Em nota, o Fluminense informa que afastará preventivamente o atleta para que ele se dedique à sua defesa.


O Fluminense Football Club informa que o goleiro Rodolfo Alves de Melo foi flagrado no exame antidoping após a partida Fluminense x Atlético Nacional (COL), pela Sul-Americana, realizada em 23 de maio de 2019 no Maracanã. O clube e o atleta já realizaram uma reunião e uma petição foi apresentada à Conmebol, onde o jogador abriu mão da contraprova se colocando suspenso voluntariamente, para se dedicar exclusivamente à sua defesa. O Fluminense já colocou seu Departamento Jurídico à disposição do jogador que, por norma legal, teve o contrato de trabalho suspenso. A instituição dará todo o suporte necessário ao atleta

Fluminense Football Club

Imagem: Fluminense / Divulgação