Globo ressuscita Olimpíadas do Faustão e a internet não perdoa

Ciente de que poderia perder parte da duração de seu programa por conta da transmissão da Copa do Mundo de Futebol Feminino, Faustão resolveu trazer de volta um clássico dos anos 90. O apresentador reexibiu as famosas “Olimpíadas do Faustão”, quadro de sucesso nos primórdios da atração.

Ainda no futebol, Luis Roberto anunciou a “novidade”. Só que em vez de exibirem gincanas inéditas, a Globo apostou em tirar do baú os vídeos antigos de disputa. E se enganou quem pensou que foi um repeteco curto, no estilo que estão fazendo nas homenagens pelos 30 anos de Faustão na Globo. A reexibição foi longa, com direitos aos pitorescos comentários do apresentador.

Sem perder tempo, a internet não perdoou a ação. Muita gente não aceitou que o programa de entretenimento com maior investimento da TV utilizasse como recurso seu arquivo para manter a audiência dos domingos.

Atualmente, Faustão recebe R$ 5 milhões como salário, a maior parte disto em merchandising. Sem contar que no auge do HD, a Globo optou em pegar um conteúdo bem abaixo da qualidade atual de imagens utilizadas na TV.

Há também quem não tenha gostado por não exibirem tudo na íntegra, com os famosos gritos de guerra. Em contrapartida, alguns telespectadores gostaram e comemoram o retorno do quadro. Pelo sim, pelo não, se a ideia era gerar comentários e repercussão, neste ponto, ao menos, a produção de Fausto Silva acertou na mosca.

Vale lembrar que as ‘Olimpíadas do Faustão’ foi um dos primeiros trabalhos no atual terreno dos Estúdios Globo, antes Projac. Nos anos 90, a Globo recebia uma legião de telespectadores, a maioria desempregados, para participar das provas e descolar uma grana extra.