Flordelis: Flávio confessa à polícia ter planejado a morte do Pastor Anderson do Carmo

A acareação entre Flávio dos Santos Rodrigues (38) e Lucas dos Santos (18) fez com que o filho mais velho da deputa federal Flordelis (PSD/RJ) confessasse ter planejado a morte do Pastor Anderson do Carmo, segundo informações da polícia. O rapaz é filho biológico de Flordelis e adotado por Anderson.

A confissão aconteceu na sede da Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo. A delegada Bárbara Lomba já pediu a prisão preventiva dos dois filhos do casal no plantão judiciário. Lucas e Flávio estão presos, porém atendendo a ações por associação ao tráfico e lei Maria da Penha, respectivamente.

O motivo da briga que resultou o assassinato seria financeiro. Flávio cuidava do dinheiro e do patrimônio da família. A polícia investiga outros pontos da acareação considerados contraditórios.

Anderson do Carmo e Flordelis [arquivo pessoal]

A DH aguarda a entrega espontânea do aparelho celular de Anderson. O objeto é tido como importante na tentativa de esclarecer o que aconteceu na noite do crime, em 16 de junho.

Flordelis esteve agora há pouco na sede DH, em Niterói. Entretanto, a polícia não deixou que a parlamentar visitasse Flávio. Tudo para não atrapalhar a acareação.

Ao sair do local, Flordelis estava bastante abalada. A deputada mudou o discurso ao falar com jornalistas e disse que quer que os culpados paguem pelo crime, independente de quem seja.

Durante o velório, na última segunda-feira (17), Flordelis defendeu Flávio durante a voz de prisão e afirmou que ninguém de sua família portava armas. Horas depois, uma arma foi encontrada na casa de Flordelis, no quarto de Flávio. Segundo a polícia, trata-se da arma que executou Anderson.

Imagem: Cléber Mendes / Agência O Dia