Após citar ‘fake news’ em entrevista com Moro, Ratinho será processado por Jean Wyllys

Ratinho falou mais do que devia durante a entrevista com o Ministro da Justiça, Sérgio Moro, exibida ontem (18). O apresentador, que vem sendo criticado nas redes sociais pela visão parcial pró-governo, jogou uma declaração no ar que acabou atingindo o deputado David Miranda (PSOL/RJ) e o ex-parlamentar Jean Wyllys.

“Esse jornalista é namorado de um deputado e comprou o mandato do deputado Jean Wyllys. Tudo isso eu recebi, não sei se é ‘fake news’. Recebi. Se for verdade, é muito maior do que a gente imagina. Porque envolve outro país”

Ratinho

Segundo informações da coluna de Mônica Bergamo, na Folha de S. Paulo, Jean irá processar Ratinho por calúnia e difamação. No entendimento do ex-parlamentar, o apresentador do SBT jogou as frases no ar, sem nenhum embasamento probatório sobre as falas.

Além de jogar no ar as acusações, Ratinho parece não estar totalmente atualizado sobre o deputado David Miranda. O parlamentar não é namorado de Glenn Greenwald, jornalista britânico responsável pelas denúncias das supostas trocas de mensagens entre Moro e Deltan Dallagnol durante o processo do ex-Presidente Lula. Gleen e David são casados e estão juntos há 14 anos. O casal tem dois filhos – dois meninos, adotados.

Advertisement