Polícia aponta que dois filhos de Flordelis planejaram a morte do Pastor Anderson do Carmo

A Polícia Civil aponta que Lucas dos Santos (18) e Flávio dos Santos (38), filho biológico da deputada federal (PSD/RJ) Flordelis, planejaram a morte do Pastor Anderson do Carmo. O crime aconteceu na madrugada do último domingo, 16.

Segundo fontes da investigação reveladas pelo jornal Meia Hora, os irmãos se juntaram para encomendar a morte do pai. Além de tramar a execução, segundo o trabalho da polícia, Lucas, filho adotivo de Flordelis e Anderson, participou efetivamente da execução.

A polícia já solicitou a quebra de sigilo telefônico dos envolvidos à justiça. As câmeras de segurança do condomínio mostram que os assassinos usavam toucas ninjas para não serem identificados. Tudo indica que os envolvidos na execução não tinham experiência neste tipo de ação.

Apesar de Flávio ter apenas quatro anos de diferença de Anderson (que tinha 42 anos), o pastor havia registrado o rapaz como seu filho em cartório.

Lucas foi preso no domingo (16) após descumprir medida protetiva domiciliar por envolvimento com o tráfico de drogas. Já Flávio foi preso por descumprir medida protetiva por queixa de uma ex-mulher, baseado na Lei Maria da Penha. Ao dar voz de prisão aos dois, a polícia não descartava a possibilidade dos irmãos estarem envolvidos na morte do pai.

Policiais da Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo procuram outros participantes pelo crime e aguardam novos depoimentos de outros irmãos. O casal tinha 55 filhos, sendo quatro deles biológicos.

Agora há pouco, Lucas teria confessqdo à polícia que matou Anderson de Souza a pedido do irmão Flávio. Entretanto, horas depois, a versão foi descartada pela delegacia que cuida do caso.

A motivação do crime seria uma possível relação extraconjugal do pastor.

Imagem: Cléber Mendes/Agência O Dia

Advertisement